Manuscrito do Purgatório – Continuação Post 26

photo credit: gbcarmelite via photopin cc
photo credit: gbcarmelite via photopin cc

1886

(Maio) – Para a alma religiosa é preciso o espírito de sacrifício, o espírito interior, a pureza de intenção. Eis a síntese da vida religiosa.

Uma religiosa pode aliviar as almas de seus parentes defuntos com as ações todas praticadas com grande pureza de intenção e muito mais do que pelas orações.

A alma mais querida de Jesus é sempre a mais crucificada na terra, mas a cruz enviada por Jesus tem doçuras misturadas com as amarguras. Há cruzes que vêm por nossa culpa, e nestas ficam só as amarguras.

1887

(Fevereiro) — Jesus não mostra à alma tudo quanto exige dela assim de unia vez. Ela se assustaria. Porém, pouco a pouco a torna mais forte e lhe descobre seus segredos e a torna participante da cruz.

(24 de Junho) — Ficai bem unida a Jesus. Antes de qualquer ação, consultai-o. Sempre de coração a coração, como a um amigo que se tem sempre perto.

Jesus quer vossa alma toda inteira com todas as suas faculdades, todas as potências; vosso coração com todas as ternuras, todo o vosso amor. Tudo haveis de buscar na fonte daquele divino Coração que nunca se esgota. Eis como deveis proceder como esposa dedicada.

Durante o dia várias vezes deixai-vos penetrar bem da presença de Deus, recolhei–vos diante de sua divina Majestade, reconhecei vossa miséria, mas também a sua bondade infinita, agradecei-lhe afetuosamente. Podeis falar com Jesus o dia inteiro. É o que Ele espera de vós já há muito tempo.

Se fordes fiel a tudo quanto vos disse, Jesus vos guardará suas comunicações mais íntimas, suas carícias divinas, seu amor de Pai e Esposo amante, e alcançareis tudo quanto lhe pedirdes. Jesus não vos há de recusar nada. Haveis de vos dar toda a Ele e Ele se dará todo a vós.

Deus deseja que este retiro vos ponha no estado que Ele espera de vós há muito tempo. Deus chega aos seus fins por meios a nós desconhecidos. Pois bem, coragem, mãos à obra! Jesus vos concederá graças novas. Correspondei a elas generosamente para vós e para a comunidade. Que vossa vontade seja só uma vontade com a de Jesus.

Pela permissão de Deus nós conhecemos no purgatório o que se passa na terra, neste momento, a fim de que rezemos pelas grandes necessidades, mas nossa oração não basta. Se Jesus encontrasse algumas almas de boa vontade que quisessem reparar e desagravar a Majestade divina ultrajada, seria uma grande alegria para o seu Coração tão amargurado. Estas almas poderiam obter misericórdia, esta misericórdia que para dá-la só quer que o pecador se humilhe. Dizei isto à Madre Superiora.

Todas estas provas Deus as permitiu para vos dar força de alma e fazer triunfar a sua glória, sua justiça e seu amor.

Quando puderdes, fazei uma visita a Jesus e dizei–lhe vossos sofrimentos, alegrias, tudo enfim. Falai–lhe como a um amigo, a um pai, a um esposo.

Não perder de vista a divina presença. Deus vos quer santa e só para Ele. Não vos prejudiqueis. O comum, eis o que Jesus quer de vós!

Comentar!

Veja também: Manuscrito do Purgatório – Continuação Post 25

Deixe uma resposta

CAMPANHA PELAS ALMAS DO PURGATÓRIO!!!

LIVRO IMPRESSIONANTE SOBRE O PURGATÓRIO ACABA DE SER

TRADUZIDO PARA O PORTUGUÊS

 

Na compra do livro, você estará colaborando com a
oferta de Mil Missas pelas Santa Almas! Saiba mais!

 

CAMPANHA PELAS ALMAS DO PURGATÓRIO!!!

LIVRO IMPRESSIONANTE SOBRE O PURGATÓRIO ACABA DE SER

TRADUZIDO PARA O PORTUGUÊS

Na compra do livro, você estará colaborando com a
oferta de Mil Missas pelas Santa Almas! Saiba mais!

 

%d blogueiros gostam disto: