Significado e origem do dia de Finados

cruz-finadosO dia de Finados é o dia apropriado para rezarmos por nossos antepassados e pelos fiéis defuntos. É o dia em que celebramos também a vida eterna e a ressurreição dos mortos, antecipada por Cristo que ressuscitou ao 3º dia e aguardada por todos nós no dia do Juízo Final.

Um pouco de história…

O costume de se rezar pelos falecidos data do 1º século da era cristã. Os fiéis costumavam visitar os túmulos dos mártires nas catacumbas e rezavam por aqueles que haviam morrido sem o martírio. A Memória dos Mortos foi incluída na celebração da Santa Missa no século IV e desde o V a Igreja reserva um dia para que rezemos pelos falecidos esquecidos. No século X, porém, Santo Odilon, abade do mosteiro beneditino de Cluny, na França, introduziu entre os monges o costume de se rezar por todos os mortos, assim como havia o dia de Todos os Santos.

A partir do século XIII estabeleceu-se o dia 2 de novembro como dia de Finados. Uma das razões pelas quais desde o século V a Igreja dedica um dia aos mortos, está na preocupação pelos que morreram e foram esquecidos.

Não queremos, irmãos, deixar-vos na ignorância a respeito dos mortos, para que não vos entristeçais como os outros que não tem esperança (1 Tes. 4,13).

Visita ao cemitério – Ao fiel que visitar devotamente um cemitério e rezar, mesmo em espírito, pelos defuntos, concede-se indulgência aplicável somente às almas do purgatório. Esta indulgência será plenária, cada dia, de 1 a 8 de novembro; nos outros dias será parcial.

Fonte: “Manual das Indulgências”, editado pela Penitenciaria Apostólica em 29 de junho de 1968.

Veja mais sobre as indulgências e orações indulgenciadas em:

http://purgatorio.net.br/indulgencias

Deseja ser membro da Confraria dos Devotos das Almas dos Purgatório? Clique aqui!

Um comentário em “Significado e origem do dia de Finados

  • 27 de outubro de 2011 em 18:47
    Permalink

    Ao rezarmos por nossos mortos aceitamos melhor sua ausência física.

    Resposta
  • 29 de outubro de 2011 em 16:04
    Permalink

    Caros amigos da confraria,
    Achei este site exemplarmente instrutivo. As informações doutrinárias e históricas que ele vem transmitindo são de extraordinária beleza e utilidade. Parabéns!!!
    Eduardo Luiz Marques e Silva

    Resposta
    • 8 de dezembro de 2011 em 17:58
      Permalink

      Caro Eduardo,
      Seu comentário nos serve de belo e alvissareiro incentivo!
      Esperamos sempre poder disponibilizar o melhor da doutrina da Igreja ao público católico.
      Que Maria Santíssima o assista com especiais graças!
      Abraço fraternal!
      Marcos

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: