Religioso aparece ao Padre Pio dizendo que estava prestes a sair do Purgatório

By Principe88 (Own work) [Public domain], via Wikimedia Commons

Padre Pio contou a seguinte história ao Padre Anastásio. “Uma tarde, enquanto eu estava rezando só, eu ouvi um sussurro e vi um monge jovem que se mexeu próximo ao altar. Parecia que o monge estava espanando os candelabros e regando os vasos de flores. Eu pensei que era o Padre Leone que estava reestruturando o altar, e como era a hora do jantar, eu fui próximo a ele e lhe falei: ‘Padre Leone, vá jantar, não está na hora de espanar e consertar o altar’. Mas uma voz, que não era a voz do padre Leone, me respondeu: ‘Eu não sou o Padre Leone.’ – Então perguntei: ‘Quem é você?’ A voz, então, respondeu: – ‘Eu sou um irmão seu que fez o noviciado aqui. Minha missão era que eu limpasse o altar durante o ano do noviciado. Desgraçadamente, durante todo esse tempo, eu não reverenciei a Jesus Sacramentado, Deus todo Poderoso, todas as vezes que passava em frente ao altar. Causando grande aflição ao Sacramento Santo por causa da minha irreverência. Por este descuido sério, eu ainda estou no Purgatório. Agora, Deus, com a sua bondade infinita, enviou-me aqui para que você estabeleça o dia em que eu passarei a desfrutar o Paraíso. É para você cuidar de mim.’ Eu creio ter sido generoso com aquela alma de sofrimento, e assim exclamei: ‘você estará a manhã pela manhã ao Paraíso, quando eu celebrar a Santa Missa.’ Aquela alma chorou e disse: ‘Cruel de mim, que malvado eu fui.’ Então ele chorou e desapareceu. Aquela exclamação me produziu uma ferida no coração, que eu senti e sentirei a vida inteira. Na realidade eu teria podido enviar aquela alma imediatamente ao Céu, mas eu o condenei a permanecer outro noturno nas chamas do Purgatório.”

Veja também: O que é o Purgatório?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: